4 de nov de 2012

Suavemente


O sol reluzia seu brilho na delicada fresta da cortina esbranquecida, uma luz suave invadiu-me e não havia como fugir do sopro manso da sua voz. Como poderia fugir do seu abraço? Da sua companhia que acalma tudo em mim? E fiquei pensando que há algo que transcende e vai muito além das nossos expectativas. E uma esperança nasceu em mim, a alegria que somente você me proporcionas. A suavidade, a leveza, a doçura, que se alarga em meu ser e me inspira. Que amigo maravilhoso és, sempre a procura de mim. Com o seu puro amor me esperando de braços abertos. Tão bom saber que estás ao meu lado, e que mesmo quando penso estar sozinha, tu está comigo. E ainda melhor é saber que teu amor é infinito, que ultrapassa os limites da compreensão humana. Minha vida fica tão mais linda quando estou em ti. Sinto cada gentileza sua me moldando, o quanto cuidas de mim e me completa. Não eu não vejo razão de andar triste, murmurando o desprazer de não viver um amor romântico, porque estar contigo supri todas as minhas fragilidades. Como os lírios do campo eu me sinto, resguardada de todos os males no conforto do seu abraço. Mesmo em dias cinza tua estrela me ilumina e cicatriza a dor latente. Te amo, eu quero viver esse amor todos os dias Pai!






14 comentários:

Pedacinhos de mim disse...

O brilho das palavras que aqui escreves é único, gosto de me perder nestas tuas palavras repletas de sentimentos.
Saudades de aqui passar, de poder rever a escrita que tão bem rediges.

Um Beijinho :)*

Nanda Torres disse...

Minha linda, pra mim será um enorme prazer te ajudar nessa sequencia *-*
Na verdade será uma honra, pois vc escreve lindamente! Como posso te ajudar? Não quer me enviar um roteiro de perguntas não? Acho que seria mais fácil pra mim!
Meu email é fernanda_ctorres@yahoo.com.br

Mega beijo <3

http://lladodedentro.blogspot.com.br

Ana (: disse...

Há tempos que não encontrava um blog com tamanha ternura e beleza nas palavras. Achei o seu, li, amei, segui *-*

Marcelle Pires disse...

Cara não sei que a que pai vc se refere se ao pai que nós temos no céu que é Deus
ou ao seu pai terreno
mas caso se for Deus tenho a te alar que o amor dele é maravilhoso mesmo digo pq tbm sinto
e se for o seu pai terreno digo q sinta-se lisonjeada por ter um pai tao maravilhoso muitos nao tm mais seus pais e outros nao dao valor ao q tm...
bjus amore
continue amando suas raizes aquilo q sempre foi a sua base
amores romanticos vem depois...


radiopires.blogspot.com

Paty disse...

Oi Tammy, lindo texto de um amor singelo^^
Te seguindo ok?
Bjoss!

Amanda Inácio disse...

Que lindo! Você escreve muito bem ;)
Beijinhos

Am ♥
http://www.vinteepoucos.com.br/

Amanda Souza disse...

A mais linda das declarações para o mais puro dos amores! Tão imbatível que não foi nem necessário você citar o nome Dele para que pudéssemos entender de quem se trata. É um amor infinito, né? Sem descrição para tanto sentimento...
Beijinhos

hiperbolismos.blogspot.com

Malena disse...

Nossa, que profundo kkk
Amei de mais o texto...seguindo o blog também, amei aqui.

Ain flor, agradeço super pela visita no Embalaço.
E queria convidá-la a voltar por lá, post da vez: Sabe qual o tamanho de sutiã ideal para você? Visite e tire suas dúvidas... Sutiã, matéria completa

Espero por você!!

Alexandre Lucio Fernandes disse...

Teu texto é a união de todas as doçuras do mundo, de tão ternas e sensíveis que são. Carinhos pincelados com o pincel da alma, tinta tirada do coração. Que lindo é esta harmonia, esta essência impregnada na alma que tanto nos deixa felizes. É realmente um amor infinito...

Lindo! Lindo Tammy!

Beijo!

Kelly Barros disse...

Quanta doçura, esse devia ser o nome do seu blog. Muito doce esse texto. Dá vontade de me perder... (suspiros)

Carolina. disse...

que texto mais encantador Tammy, tão profundo! tu escreve muito bem.

:*

Leontyna Santos disse...

Tão singular, tão fascinante...
Amei teu cantinho, Tammy!
Beijos*:

Suzana disse...

Que lindo texto... Tão leve! Tão ... Tão... fiquei sem palavras!

Flor de Liz disse...

Que lindo o seu blog!
Ainda não tinha tido tempo de passear por aqui, mas estou maravilhada!
Lendo seu texto, interpretei pelo lado religioso, pois é bem essa a sensação que Deus nos dá.
É essa calmaria que emana em cada pedacinho do dia e que aos poucos nos faz desprender das dores do mundo!
Seu texto é belíssimo, parabéns!
Estou seguindo seu blog e assim que der, estarei de volta!
Beijos

http://oiflordeliz.blogspot.com.br/