26 de ago de 2012

" Viver é a melhor coisa do mundo ... "

          Tumblr_m2dtgvkt8k1rrsrsmo1_500_large
        
Um mês se passou desde os últimos escritos confidenciados. Estive caminhando com mais encanto nesses dias de completa ausência. Estranhei o meu distanciamento das palavras, mas sabia que era apenas uma simples questão de tempo. Em outros momentos esse comportamento soaria quase que inaceitável para minha insaciável vontade de transcender nas letras. Como borboleta voei para longe, buscando conforto e abrigo em lugares inóspitos. Um finito silêncio a abraçar-me enquanto eu dedilhava todas as minhas dúvidas mais íntimas. Um instante para olhar com atenção para mim. Uma reflexão que se estendia além da linguagem, apenas o silêncio refletia toda a magnitude daquela introspecção. Braços alargados para abraçar a vida ligeira que nos escapa a cada respirar. Retomei o fôlego, os pulmões refrigerados agradeciam pelo descanso. O céu límpido repleto de pássaros graciosos, árvores a oxigenar o mundo, e um coração aberto para badalar com mais brandura. Pupilas atentas para a simplicidade, buscando apegar-se ao mais essencial e desprezando as futilidades que sufocam minha candura.
Talvez um novo encanto, novas palavras, novas lágrimas e recentes afetos. Renovar-me-ei a cada aurora. Nos tropeços que ferem e ensinam serei atenta. Direi calmamente o que me entorpece, o que me inspira a compor todas as notas que me decifram. Leiloei os últimos móveis da antiga casa. A velha escrivaninha que abrigava os teus versos e as minhas cartas. Soltei ao vento cada riso, cada  desfalecimento, cada mínimo instante que nos pertenceu. Éramos, não somos mais. Conjuguei o nosso enlace, fomos pretérito perfeito, fomos tudo aquilo que sonhamos, somos tudo o que restou para realizar. 
De modo reconfortante abri os olhos para o nascer do sol daquela manhã desnuda. Não havia carência, nem espaços vazios. O espelho não refletiu as imperfeições, resolveu destacar a beleza que sempre existia e que permanecia latente. As convicções que antes estavam se evaporando, solidificaram-se em um perfeito sincronizar de certezas. O desespero desapareceu como um assovio no vácuo. Aos poucos foi-se com o vento e restou-me uma sublime paz.
Uma música acalorando o coração friorento, uma boa poltrona para sustentar o corpo sonolento, uma xícara de café para esquentar as ideias e aspirações que repousavam dormentes.
O amor novamente ressuscita as velhas chamas, despertando a alma do seu estado de hibernação.
 Quanto tempo é necessário para estarmos mais próximos de nós mesmos? Quantas noites em completa reflexão são precisas para nos acordar de um completo desmaio sentimental? Por um curto período me ausentei desse maravilhoso espaço, e confesso o quanto sou feliz por poder expressar o que aqui arde e lateja. Mesmo que demore dias, o mais importante é estarmos cientes que mudanças são necessárias. Uma hora, inevitavelmente, o coração pedirá alento. Ninguém, por mais forte que seja, consegue seguir em frente sem ao menos parar por alguns segundos para tomar um ar. E nesse momento os espaços ocos se evidenciam, as máscaras declinam e os sentimentos renegados se afloram. Toda a dor que tentamos ofuscar aparece e nos faz chorar toda a dor que asfixia nosso ser. Aquilo que machucava se esvai com todas as emoções desmascaradas.E após todo essa renovação meu coração bate com tranquilidade,sem desespero ou ansiedade. Estou em completa paz, do jeito mais íntimo que me personaliza. Muita saudade de tudo isso, de ler as minúcias dos meus amigos, de mergulhar em outros mares, nadar em oceanos distantes da orla. E o mais bonito de tudo é ter Deus como um amigo, que cuida de tudo e me traz consolo. Que vontade imensa de viver cada dia em sua plenitude. Viver, viver essa finita fagulha de vida. Sentir cada instante que Deus ternamente nos deu.Grande abraço para todos,sempre grata pelo carinho e amor.
 

4 comentários:

Jairlany Oliveira disse...

Viver é a melhor coisa (realmente!) do mundo!
Adorei o texto. Parabéns!

Bjs!
twitter:@jairlanyo
insta: @jairlanyoliveira
ask: jairlanyoliveira
http://www.jairlanyoliveira.com/

Scarlat Assunção disse...

te indiquei pro meme 11 coisas ♥ http://jornaldosdiasdoces.blogspot.com.br/2012/08/meme-11-coisas.html ♥

Beijo doce! ♥

Nanda Torres disse...

Amei esse texto, não ha coisa melhor do que viver, isso eh com certeza!
beijo beijo

http://lladodedentro.blogspot.com.br/

♥ Luciana de Mira ♥ disse...

Passando para visitar seu blog e amei o post. Beijinhos!