23 de jun de 2012

Milagre.

Tumblr_l760tuot9l1qcm6i4o1_500_large

Uma turva névoa embaça os nossos olhos enquanto caminhamos nesse vale tormentuoso. Nossas mãos congelam cada vez que nos afastamos ao adentrar nesse desconhecido lugar. Preciso tanto que você mantenha a fogueira acesa. Tão frio está o ar que sai dos meus pulmões. O coração respira lento e meus dedos petrificados carecem pelo calor da sua alma. Haverá um horizonte ensolarado a nossa espera. Temos que continuar caminhando mesmo que as dores nos façam cair ao chão aos prantos. Beije meus olhos, eles estão tão frios, beije-me e me faça acreditar que o sol está surgindo. Eu espero teu abraço quando essa bruma passar. E estou aqui para dizer o quanto sinto essa ausência. Há um iceberg nos separando,ele é tão profundo que não percebemos o quanto ele nos afasta. Não se perca de mim,querido.Não houve meu pranto quando vai dormir? não percebe minhas súplicas quando repousa seus olhos no céu? Escute, estou cantando para você hoje.É uma canção triste que pede a Deus um milagre. E é isso que pode nos salvar,um milagre! E milagres só acontecem quando todos acreditam,persistem e mantém uma fé inabalavel a fumegar ardorosamente na alma.
                           Tenha fé,meu bem,tenha fé!

Um comentário:

Scarlat Assunção disse...

tu escreves tão intensamente, teus textos são tão ricos de adjetivos fervorosos, ler eles é como mergulhar numa profundeza doce!