6 de abr de 2013

Espero por você.


Meu querido companheiro, estou aqui esperando pelo seu abraço. Serena a contemplar a água mansa que corre no curso da vida sem notarmos sua limpidez. Tenho que te pedir desculpas pelas inúmeras vezes que entreguei meu coração para alguns forasteiros. É que estou aprendendo aos poucos a amar de verdade, sabe? Meu coração é tão infante e demorou a perceber que apenas você  compreenderá cada batimento, sem estranhamento e repulsa. Estive pensando como você tem estado ultimamente, se tem visto a vida com ternura ou se as fuligens da cidade tem ofuscado sua percepção. Já escrevi incontáveis poemas para outros...mas espero dedicar os vindouros para você, meu futuro namorado. Sabe, namorar não é brincar de bonecas, é algo que transcende todo o entendimento terreno e alcança lugares mais altos que esse em que caminhamos. Relacionar-se seriamente com alguém está tão longe desses conceitos modernos de namoro. Onde o tempo que passamos ao lado dessa pessoa é baseado apenas no beijo e pouca conversa. Tudo isso é tão instável, parece poeira no vento. Eu espero por você meu bem, para que ao seu lado eu encontre uma ponte que me conduza para mais perto de Deus. E que o nosso amor possa alegrar o coração do nosso maravilhoso Pai. Eu quero guardar o melhor para quando estivermos unidos em uma só carne. Guardarei o meu melhor sorriso, meu melhor poema e meu melhor beijo escondido no canto dos lábios. Para que quando os olhos se cruzem eu enxergue Jesus em cada uma das suas ações. Para que você me perceba como uma mulher de virtude, repleta de delicadeza e graça. Querido, espere por mim com o seu melhor sapato e sua blusa mais macia. Com um abraço escondido nos olhos e uma alma cheia de Deus pronta para me cuidar. Eu estava pensando esses dias que quando estivermos juntos podemos fechar os olhos e orar a Deus, pedir que Ele nos encha de sabedoria e prudência. Não sei o que você está fazendo agora, mas sei o que podemos fazer nos dias frios... que tal bebermos uma boa xícara de café e lermos a bíblia? E nos dias de sol podemos cantar músicas suaves para o dia passar com mais doçura, um violão afinado e nosso canto subindo pelas paredes até alcançar o céu azul rouxinol. E se você gostar de escrever podemos passar a fim da tarde compondo versos, pra uma música, soneto ou quem sabe um livro... Deixe-me retomar o ar... me empolgo sabe, devo me conter para não voar tão alto. Espero que você seja mais realista que eu, mas não fatalista. Não podemos ser parecidos em tudo, porque eu quero aprender com você, crescer com você. Quero que me ensine a tocar violão, e deixe-me ver... te dou umas boas dicas de livros...cof cof. Mas não demore tanto assim, não se encante tanto pelas ilusões dessa vida, esteja firme em Cristo e leia a Palavra de Deus continuamente. E só para terminar essa postagem,
te espero em Deus,
e isso significa Caminhar. Espere por mim também.

5 comentários:

Karine Maciel disse...

Aaaai Tammy! Não sei como isso funciona,mas parece que as vezes você passa o dia ao meu lado,ouvindo minhas lamúrias e os meus sonhos. Aí põe docura em tudo e faz virar poema. Esse espaço é lindo demais. Alegra a alma,aquieta o coração,fortalece os sorrisos... :*:*:*

Dinha Cavalcante disse...

Lindo. Aprecio sua visão e estamos juntas nessa caminhada que é esperar, haha. Me fez lembrar da música de Palavrantiga, Esperar é caminhar rs. Mas é isso mesmo, Deus sabe o que há em nosso coração, nossos desejos, nossos sonhos e Ele proverá o melhor. Bjs!

Dinha Cavalcante disse...

Chuchu, deixa no meu blog seu face, ou email, qualquer meio de contato :) Se quiser, claro. See u.

Alexandre Lucio Fernandes disse...

Não conheço alguém que escreva tão lindo como você Tammy. Você sensibiliza encantos com uma beleza incomparável. A maneira suave de transcorrer pelos sentimentos é de uma sensibilidade ímpar. Seu talento na escrita só é reflexo da bonita alma que se esconde dentro de si.

Sorte terá esse amor quando lhe encontrar. Você é um anjo, uma pessoa rara e especial!

Beijo!

Anônimo disse...

Tami, digo e repito você ARRASA! Você tem um dom que Deus te deu de registrar em palavras aquilo que é tão difícil de se expor (pelo menos pra mim). Parabéns pelo seu dom!

E que continuemos a esperar em Deus. Amém.

Isabel Braquehais.