7 de jan de 2013

Sobre borboletas.


Criaturinha magnífica pousou na pontinha do meu nariz esta manhã.
De cor azul avermelhada, rabiscada de amarelo caju e tinta fresca.
Me fez lembrar das coisas comuns que pousam despreocupadas na nossa frente.
Batia suas asas graciosamente enquanto eu tentava olhar a sua envergadura.
Era bonita, parecia borboleta, flor, lagarta.
Era tudo junto, não era nada.
Podia ser qualquer criatura, até mesmo uma folha dourada. 

Um comentário:

Leontyna Santos disse...

Essas pequenas coisas incrivelmente simples e belas que posam todos os dias em nosso nariz e nós não percebemos.. Tão simples é a felicidade que chaga a ser complicada demais.

Muito lindo!
Beijos*: