23 de jan de 2013

Alegria Matinal

                                                     Modelo: Thalyta, minha irmã.
Manhã nasce no rosto daqueles que aceitam a luz do sol. Para aqueles que brincam com os pingos de orvalho no dorso das folhas verdejantes do quintal. Alegria pula dos olhos que sabem aproveitar as poças de água no corredor do jardim. Deixando os pés soltos no meio da terra vermelha, sentindo a umidade matinal refrescando o corpo preguiçoso depois de uma noite boa de sono.O sorriso acorda feliz, o nariz consegue inspirar os melhores aromas e os braços sentem com mais liberdade o vento sul que canta a vida nos quatro cantos da terra. Espera a vida fluir de onde menos se acredita que flua. Relaxa a cabeça nas nuvens e contempla a maresia que inunda tudo de água do mar. Sente o sabor das ondas, das asas coloridas da borboleta e o sussurro  das árvores dançando conforme a sinfonia natural desse ecossistema tão cheio de sinceridade.

Um comentário:

Ana Paula disse...

Sua modelo, sua irmã, com esse sorriso é a tradução perfeita para esta alegria matinal!
beijo