17 de nov de 2012

Bondoso amigo.


Amigo querido, chegue mais perto.
O silêncio nos aproxima e sinto teu vento refrescar-me agora.
Enquanto os pássaros voam distraídos na aurora,
eu sento quietinha ao seu lado e sinto tua calma me alegrando inteiramente.
As solitárias luzes iluminam a nossa prosa.
Bons amigos conversam mansamente,
sem pressa de ir embora.
Assim, calmíssima no teu abraço eu descanso.
Longe dos versos, dos verbos, do trafego.
Aqui, só existe vida sincera;
cheirinho de café adocicado e chuva suave a tocar o solo árido.
Bom amigo, és.
Em dias de céu claro, ou em dias de cumulonimbus.
Seu amor é real, verdadeiro, sem igual.
Jesus sua amizade é primordial !


Nenhum comentário: