25 de fev de 2012

Recato.

Tumblr_lz72gt9puj1qd5adqo1_500_large

Pensarei bem antes de proferir palavras soltas.Ouvirei com mais avidez as vozes que ecoam ao meu redor.Minha precaução está acentuada,e direi apenas o necessário.Sejam duas palavras miúdas,ou uma longa narrativa ao relento.Mas,que seja poupado as verbalizações desnecessárias.Os murmúrios erroneamente ditos pela nossa inconveniência.Que venhamos falar das coisas verdadeiramente inspiradas;da vida que almejamos viver,dos sonhos que não devem envelhecer.Desejo que os dias sejam mais que uma simples canção vespertina.Que seja poesia em cada raio solar,em cada pingo de chuva,em cada sorriso reservado,amado,deslumbrado.E as palavras devem ser doces e afáveis.Deixemos as murmurações para os que não sabem colher o hoje.Que nossas amizades sejam amenas e tranquilas.Ajudando a levar a carga,e não aumento o fardo do outro.E os deleites de nossa alma devem ser estar junto ao bom mestre.Aquele que nos ensina a olhar os lírios,os pássaros,as proezas mais benévolas e complacentes.Silêncio.Escute a mansidão do instante.Seja aluno para ser professor.Tudo há seu momento oportuno,aquiete esse coração impulsivo!E mesmo quando o furor tentar corromper a alma e sangrar pelos lábios,respire.Pois,
''A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira'' Provérbios 15:1

Nenhum comentário: