21 de jan de 2012

Intensa.


Sou intensa.
De uma impetuosidade sólida e latente.
Meus olhos são cautelosos,
mas as palavras que eclodem de minhas veias são extremas.
Meu coração é um delicado relicário,
antigo e rústico.
Intimamente,
não procuro a beleza aparente;
busco o interno,o âmago,
essência perdida em tempos de hipocrisia.
Sou brisa suave em dias de inércia.
Lareira ardente em dias de chuva.
Franca o bastante para não segurar lágrimas.
Satisfeita na medida perfeita para não desperdiçar sorrisos.
Esteticamente sofredora de escárnios;
profundamente resiliente aos insultos cotidianos.
Minha alma é quieta.
Coração cor escarlate,batendo como um relógio apressado.
Um livro aparentemente desprezível,
mas sabiamente escrito nas palavras mais sinceras.
Meu sorriso é todo estrelas,
dessas que reluzem num céu azul marinho,
iluminando as faces tristonhas,
chamando a alegria para festejar.
Quando estou apaixonada,
sou logo acusada pelas minhas palavras.
E quando escolho amar alguém,
eu abro mão de meus anseios e medos
para adentrar livremente nessa aventura emocionante que 
é amar.
Se eu proferir assim timidamente que amo você,
creia;eu amo!
Mas ainda amo alguns "parcialmente".Tento.
Amar é para os fortes.
E estou realmente buscando essa força,essa ousadia imensa.
E oro para que o amor de Deus que é perfeito,
seja refletido em meu ser.
Porque todos nós precisamos do amor.
Se deveras intensa sou,preciso realmente Amar.
Intensamente,profundamente,ininterruptamente,até o fôlego acabar.
Amo vocês.!




Um comentário:

Pedacinhos de mim disse...

Lindo este seu novo post, palavras vivas, sentidas. Gostei muito. Um beijo :)*