18 de jan de 2012

Assim tênue,suave e tranquilo.

A suavidade me convida para entrar em sua casa e descansar sem receio ou desculpas.Assim mansamente,econtemplando os pássaros voarem sem pressa,as árvores serem tocadas delicadamente pela brisa que se instaura.Esquecendo os ruídos que sugam a paz e os martírios que lasceram nossa brandura.Estou enfadada de amores desesperados e melodramas enegrecidos.De dificultar minha alegria com os anseios egoístas do meu coração.Este é o tempo certo de aprender a ser mansa e compreender que Deus deseja cuidar de mim mais que qualquer pessoa dessa vasta terra.Repousar em seu pasto esverdeado e cantarolar junto aos rouxinois que denunciam a Maravilhosa Paz de Deus.Viver nos braços do Senhor é a vida que eu sempre almeijei e agora eu estou tão perto de viver essa plenitude.De maneira nenhuma devo trocar esse tênue amor pelas eferidades do sistema mundano.Seria tolice desperdiçar outro dia sob o feitiço desse sistema.Que aos poucos vai tornando nossa vida apenas uma junção de estresse e negativismo.Uma multidão de desacreditados e murmuradores,que preferem passar horas a fio em um computador,que estar ao lado das pessoas que precisam realmente da sua atenção e amor.Deus abriu minhas pálpebras,alargou minha imaginação e me ensina a ver que o ceu é muito mais perfeito que as colinas e vales dessa terra.Agradeço ao meu bom Pai por ter paciência e carinho comigo.Por tornar sonhos lindos em realidade,em me dar um amor e me ensinar a cuidar calmamente dele.A usar a paciência para saber esperar o tempo certo das coisas,e ser verdadeiramente feliz,pelo simples e grandioso fato de saber que que ele está sempre ao meu lado.E eu agarro esses frutos maravilhosos.O Espírito Santo faz nascer em mim vida e uma vida abundante.Ele me ensina a melhorar onde estou falha,e avançar quando estou temerosa.Me ensina a nunca desistir dos grandes propósitos,e seguir em frente acreditando que o melhor ainda estar por nascer ao raiar da alvorada.E assim eu querro sempre estar,descansando,calmamente,em seus braços.Crendo em seu poder que cura.Escrevendo e louvando as maravilhas que tens feito e ainda irá fazer.O Amor de Deus é tudo que nós realmente precisamos!
                             Amo vocês!!!!

Um comentário:

Luzia Medeiros disse...

Oi Tamires, você espalha sentimento através das palavras, doce e suave.

Deus é o nosso refúgio, a paz está nos teus braços. Sem ele não temos alegria, sem ele não há vida.

Adorei o texto. Beijos no coração.