3 de jan de 2012

Quero um amor e não mais um suspiro apaixonado!


Que sejas mais que um breve suspiro.
Não quero respirá-lo em uma primavera,quero-te nas quatro estações.
Seus olhos são um enigma,querido,e tenho que decifrá-los;antes que você devore
meus nervos.
Imagino-te ao meu lado sorrindo como o sol,iluminando meus sonhos e sendo minha inspiração
mais completa.
Apaixonar-me por ti seria um crime inafiançável.80 chibatadas se eu continuar te querendo apenas por um capricho.
Amar-te,seria a maneira mais perfeita e clara de eternizar esse poema.
Desconheço suas reais intenções.Mas sei que não quero ser apenas um veraneio em sua habitação.
Quero ser o sorriso que seu coração aspira.
A voz que seus ouvidos desejam ouvir cantar.
A poeta que fará seu coração chorar de felicidade.
Sinta-me,querido,sinta-me nessas palavras.
Agora é cedo para dizer que estou pronta.
Mas o sol ainda não se pôs;
ainda há muito tempo para nos descobrirmos nesse mistério.
Minha alma não está receosa e não estou com medo.
Entreguei esse amor aos cuidados de Deus,e descanso ao saber que ele fará o melhor.
Mas eu só quero dizer que ainda é cedo.
E minha candeia já está acesa,para prevenir a escuridão.
Seu cinismo me irrita,suas palavras sinceras me confundem.
Você é inteligente e sagaz;cínico em suas extremidades,engraçado o suficiente para alargar meu sorriso.
Sua face foi delicadamente pincelada em minha mente.E nenhum nervosismo foi suficiente para distorcer seu rosto do meu conhecimento.
Lembro-me que ao olhar-te com clareza,eu disse para mim mesma:
-Esse é com certeza tudo que pedi a Deus.Bonito,loiro,alto e com esses olhos claros(mas eles eram azuis,e esses não me atraem tanto quanto os verdes).
E para minha satisfação ele são de fato verdes,desses que parecem o sol.
Eu oro para que você não seja mais uma paixão efêmera.
Mas o tempo irá responder com sutileza se deveras és o meu amor.
Então,eu simplesmente espero.E nessa espera eu descubro quem você realmente é.
Esse com toda certeza é o meu poema mais ardente.Pois ele estava fervilhando dentro de mim para ser exposto aos quatro ventos.Realmente não estou nervosa se o destinatário não apreciar essas palavras.Pois não gosto de guardar coisas boas,elas devem ser livres como uma borboleta plenamente.O fato dessas palavras serem assim são inflamáveis,não significa que estou desesperada e com pressa.Pelo contrário,estou calma.Tudo há seu tempo determinado,e Deus sempre nos surpreende com maravilhas inimagináveis.Não sei o que o futuro nos reserva,e nem desejo saber.Adoro surpresas!Só sei que estou agradecida a Deus por ter me presenteado com mais uma alma para eu amar.E não quero que ele seja apenas uma paixão,pois não anseio ser apenas uma vírgula em sua vida.É cedo para dizer que o amo,pois o amor cresce a medida que conhecemos o outro.E quero conhecê-lo a cada dia,mansamente.A pressa é inimiga das coisas perfeitas.A mansidão é aliada ao amor.Esperar,é tudo que Deus me manda fazer.Mas essas palavras realmente merecem ser vistas por todos os que acreditam no Amor. 

Nenhum comentário: